• Ícone de coração
  • Ícone de envelope
  • Ícone do Facebook
  • Ícone do Instagram
Fachada da casa onde a SBS está localizada. Casarão amarelo antigo
Detalhe de janela aberta

Sobre a SBS

A SBS – Sociedade Brasileira para a Solidariedade (nova denominação para a antiga OPJ - Obra de Promoção dos Jovens), é uma organização sem fins lucrativos, dedicada a promover a inclusão social e a cidadania da população em situação de vulnerabilidade social da cidade do Rio de Janeiro. Atuamos na área de assistência social, desenvolvendo gratuitamente atividades no âmbito familiar, educativo, cultural e produtivo.

Missão

Promover a inclusão social e a cidadania da população em situação de risco social da região metropolitana do Rio de Janeiro, oferecendo condições para o resgate da dignidade e o protagonismo de suas próprias vidas.

Visão

Uma sociedade formada por cidadãos dignos e capazes de liderar suas vidas, reproduzindo, sempre, o sentimento de solidariedade ao próximo.

Nossa História

A Sociedade Brasileira para Solidariedade/Obra de Promoção dos Jovens é reconhecida no âmbito Federal, Estadual e Municipal como Utilidade Pública de Assistência Social. A organização passou por três fases distintas, desde sua fundação em 1952 até hoje.

Até meados dos anos 70, a então denominada Obra de Promoção dos Jovens, OPJ, tinha como objetivo abrigar moças de origem humilde vindas do interior do país em busca de trabalho, proporcionando-lhes um espaço de convivência, estímulo aos estudos e segurança para enfrentar os conflitos cotidianos.

Em um segundo momento, já nos anos 80, a organização passou a atuar na prevenção e tratamento de jovens dependentes químicos. Os jovens dependentes passavam por uma triagem feita por psicólogos na sede da ONG em Laranjeiras e, em seguida eram encaminhados para a Fazenda Senhor Jesus em Cachoeiras de Macacu, espaço doado para a OPJ no ano de 1978. Lá recebiam apoio de profissionais especializados, em um ambiente tranquilo e agradável, com toda a infraestrutura necessária. O método de cura da dependência estava baseado no fundamento religioso cristão da partilha e convivência, que, entre outras características, previa o veto de qualquer tipo de medicação ou desintoxicação clínica.

E, finalmente, o ano de 2000 marcou a nova fase na história da Instituição. A Obra de Promoção de Jovens ganhou outra denominação e passou a se chamar Sociedade Brasileira para Solidariedade, SBS./OPJ. Houve um redirecionamento das áreas de atuação e uma nova composição da diretoria. A entidade, mantendo ainda o foco nos jovens, passou a operar diretamente nos domínios onde acreditamos estar o caminho para o progresso e afastamento dos perigos que rondam uma vida de carências: educação, cultura, saúde, cidadania, capacitação profissional e geração de renda.